Como Resolver Problemas com os Jogos

Jogar casino online é um hábito prazeroso, uma forma de passar o tempo de uma maneira divertida e lucrativa. Entretanto, para algumas pessoas esse hábito pode ser terrível. São os jogadores que perderam o controlo da vida financeira e passaram a ser controlados pelas jogos.

Quando o Jogo Passa a Ser um Problema

Quando estamos em uma partida paga, existe uma série de fatores biológicos envolvidos. Um nBRLtransmissor chamado dopamina, responsável pela sensação de prazer, é liberado durante as vitórias. Em algumas pessoas mais susceptíveis isso pode gerar um ciclo de recompensa.

Nesta fase, se o jogador já tiver alguma predisposição genética, pode ter problemas de comportamento antes de jogos de casino online, tais como:

  • Priorização das sites de jogos diante de outros fatores da vida cotidiana;
  • Pensamento obsessivo sobre como ter dinheiro;
  • Continuar a jogar no casino mesmo após consequências negativas deste hábito como perda de emprego e de relacionamentos.
  • Fica irritado ao parar de jogar por algum tempo;
  • Mente para esconder os problemas com as jogos de azar.

Não há como negar que os jogos trazem consequências devastadoras. Muitas tentativas de suicídio estão por traz das dívidas contraídas com apostas. Para analisar esse quadro é necessário pensar sobre a importância de se autoconhecer e buscar ajuda antes que a situação chegue nesse ponto.

Onde Buscar Ajuda

O apoio necessário de apostadores que estão em busca de cura para os comportamentos desajustados em partidas de jogos de azar vem em grupos específicos para essa finalidade. Muitas empresas de cassino estão envolvidas com programas de tratamento para pessoas com dependência em jogos.

Também alguns mecanismos nos cassinos permitem que você cancele a sua inscrição permanentemente. Também é possível adotar o valor máximo para apostas. Para abarcar completamente os gatilhos e as situações particulares que promovem o comportamento desajustado são necessários alguns tratamentos específicos como:

  • Grupo de apoio, pois é sempre eficaz falar com outras pessoas sobre o problema e identificar na fala do outro os próprios sentimentos sobre a doença.
  • Terapia para que um profissional da área possa ajudá-lo a controlar os impulsos e parar com os pensamentos obsessivos.
  • Tratamento medicamentoso com estabilizadores de humor e antidepressivos.

A Cura é Possível

Se você suspeita que alguém esteja a passar por uma situação como essa, é possível fazer os testes disponíveis na web sobre o assunto. Depois que o problema for identificado é preciso fazer uma avaliação detalhada com um profissional, pois nada substitui a avaliação formal.

Muitos órgãos como o Gamecare, por exemplo, trazem muitas informações e contato com um núcleo profissional que está disponível a ajudá-lo a qualquer dia da semana.